Como ser correspondente bancário

parcelar boleto
Parcelar Boleto
05/11/2019

Como ser correspondente bancário

correspondente bancario parcelamento boleto

Como ser um correspondente bancário e ter independência financeira.

Atuar como correspondente bancário pode ser uma forma bem interessante de aumentar a renda de seu negócio.

O que é correspondente bancário?

Possui um estabelecimento comercial (qualquer tipo de negócio) com um bom fluxo de clientes, por que não oferecer serviços bancários aos seus clientes e de quebra ser comissionado por isso? Isso é ser um correspondente bancário. Em outras palavras, você faz o intermédio do cliente com o banco.

Uma coisa muito comum que ocorre são concessionárias que se tornam correspondentes bancários para oferecerem créditos para financiar a venda de seus automóveis.

Atuei por um tempo como consultor financeiro e recebi muitos e-mails, mas muitos e-mails mesmo, sobre como se tornar um correspondente bancário e quais os riscos e benefícios.

Apesar de muita gente estar fazendo operações bancárias diretamente em seus smartphones e computadores, ainda há muita gente, principalmente as pessoas acima de 50 anos, que não confiam nessas tecnologias, e além disso existem coisas que só se pode fazer em uma agência ou então em um correspondente bancário.

E ainda há casos em cidades que não possuem agências bancárias de bancos específicos ou ainda de nenhum banco (acredite), nesse caso o correspondente bancário tem um fluxo bem grande de clientes daquela região.

Quais os critérios para ser correspondente bancário?

Muitos bancos vão exigir uma estrutura mínima necessária por exemplo:

  • Um computador;
  • Espaço para colocação de um banner ou algum tipo de propaganda avisando que você é um correspondente bancário;
  • Telefone para suporte e contato com a instituição a qual você presta serviço.

Somente isso é necessário para ser um correspondente bancário?

Não ainda existem alguns critérios específicos de cada banco, como:

  • Tipo de empresa;
  • Tamanho do negócio;
  • Região de localização sem agências próximas;
  • Documentação específica.

Enfim, não é nenhum bicho de sete cabeças e se você realmente quiser se tornar um correspondente bancário, mas terá que adaptar seu negócio.

Posso montar um negócio exclusivamente para atuar como correspondente bancário?

Pode sim, desde que tenha um ponto estratégico em um local de muito movimento e/ou um marketing agressivo para divulgar seus serviços na região.

Mas qualquer empresa pode ser um correspondente bancário?

Conforme as resoluções 3110 e 3156 do Banco Central, qualquer empresa pode se tonar um correspondente para prestar serviços de caráter financeiro.

A Resolução 3954 do Banco central regulamenta os serviços que podem ser oferecidos pelo correspondente bancário.

Quais serviços um correspondente bancário pode oferecer?

  • Recebimento de contas até o vencimento e já vencidas;
  • Recebimento de tributos com ou sem código de barras;
  • Saques do próprio banco correspondente e do INSS;
  • Depósitos;
  • Consulta de saldo bancário;
  • Proposta para abertura de conta bancária;
  • Recargas para celular;
  • Financiamento Imobiliário;
  • Financiamento de Veículos;
  • Contratação de Crédito Consignado;
  • Crédito Direto ao Consumidor.

Além disso, os correspondentes bancários podem solicitar cartões de crédito e débito para os clientes que estão interessados.

Como ser um Correspondente Bancário?

Além da documentação, equipamentos como computadores, impressoras, telefones, você deve garantir também segurança do local, já que seus clientes irão movimentar dinheiro (um cofre e um sistema de monitoramento são essenciais), fluxo de caixa para iniciar, já que as primeiras comissões vem depois de um mês e um bom planejamento também é muito importante, para não deixar que um negócio interfira no outro (no caso não permitir que o seu negócio como correspondente bancário não atrapalhar seu negócio principal).
Outra exigência do banco é a estrutura para trabalhar como representante de algum banco.

Quais são as desvantagens de ser um correspondente bancário?

Quando se trabalha com bancos grandes, eles possuem muitos correspondentes e por esse motivo as requisições de cada um demoram a ser respondidas e o processamento também é mais lento.

Já trabalhar com bancos menores traz o ponto negativo que eles são mais vulneráveis diante das oscilações da economia.

Não poder ter nenhuma agência próxima ou outro correspondente do mesmo banco, ou se tornarão seus concorrentes.

Quero ter um diferencial entre os correspondentes bancários

Quando você é um concorrente bancário, como acabei de dizer acima, você concorre com as agências bancárias de sua rede e com outros correspondentes bancários. Mas e se você pudesse oferecer um serviço adicional que lhe trouxesse mais clientes e que não fosse oferecido pelos outros correspondentes bancários?

Conheça o Parcele Aqui do Rache Aqui

Com o parcele aqui, você pode oferecer aos seus clientes a possibilidade de parcelar seus boletos. Isso mesmo, sabe aquele boleto do IPVA, de conta de consumo ou mesmo da faculdade? Você pode oferecer aos seus clientes o serviço de parcelamento de boletos diretamente em seu estabelecimento.

Para oferecer o Parcele Aqui eu preciso ser um correspondente bancário?

A resposta é não. Se você já é um correspondente bancário de alguma instituição pode oferecer um serviço adicional ao seus clientes bancários. Se for um estabelecimento com muito fluxo de pessoas, pode oferecer o serviço mesmo sem ser correspondente bancário. E se for uma instituição cujo sistema emita boletos aos seus clientes ou alunos, pode também oferecer o serviço.

Temos, por exemplo, faculdades que oferecem parcelamentos de mensalidades para alunos, empresas de cobrança que oferecem o parcelamento de boletos aos devedores, escolas de inglês que vendem material além da mensalidade e parcelam o boleto do material (que até então era pago à vista), para não pesar tanto no bolso do aluno.

O que preciso para oferecer o Parcele Aqui em minha instituição?

Você precisa somente de um computador com acesso à internet e da maquina de cartões Rache Aqui (que pode ser oferecida sem custo dependendo do seu volume mensal de transações).

O processo do Parcele Aqui é simples:

  1. O cliente chega com o boleto ou boletos que quer parcelar;
  2. Você insere o(s) boleto(s) no nosso sistema web;
  3. O cliente escolhe em quantas vezes quer pagar;
  4. O sistema envia o valor do boleto para a maquina de cartão;
  5. O cliente insere o cartão e senha para o pagamento parcelado;
  6. O comprovante do boleto é emitido e o boleto quitado na hora.

Como o estabelecimento é remunerado pelo Parcele Aqui?

Seu estabelecimento é remunerado com uma porcentagem do valor de cada boleto pago.

Quer saber mais sobre o Parcele Aqui?

Preencha o formulário abaixo que iremos entrar em contato para detalhar a solução.

Espero que tenha gostado do artigo. Qualquer dúvida comente abaixo. Para conhecer nossa solução para parcelar boletos, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *